O controle de acesso de biometria é um dos melhores sistemas de controle de acesso, pois seu funcionamento permite inibir as tentativas de fraudes e garantir a segurança do morador. Ela, possibilita o acesso a equipamentos, sistemas e portas somente às pessoas cadastradas. Essa segurança é bastante utilizada em condomínios, pois é um ambiente que preza por mais segurança e automação de processos. O controle de acesso por biometria é hoje uma das principais soluções que os condomínios buscam para manter a segurança. Por isso este artigo consta informações importantes sobre o sistema.

A palavra biometria deriva de bio (vida) e metria (medição), portanto, pode ser definida, literalmente falando, como uma maneira de medir características do corpo, a fim de diferenciá-lo de outros. Isso porque se parte do pressuposto de que cada corpo humano tem suas próprias características e que, portanto, são passíveis de análise biométrica.

O funcionamento básico da biometria consiste em três etapas básicas. A primeira diz respeito a captura de amostras biométricas (digitais, reconhecimento facial, voz, etc.). A partir daí temos a leitura das informações biométricas dos usuários cadastrados para que suas identidades sejam atestadas. Por último, temos a identificação do usuário, com base no cruzamento dos seus dados biométricos com o banco de dados do sistema, permitindo ou negando seu acesso. Os tipos de biometria existentes variam de acordo com o tipo de amostra biométrica analisada. Entretanto, seu grau de eficiência também pode ser modificado de acordo com cada tipo de amostragem.

Existem diversos tipos de leitores biométricos, os mais usuais em condomínios são os Fisiológicos (São aqueles que leem as características físicas dos indivíduos, comparando-as com o banco de dados), dentro desse grupo, o mais usual é o leitor por biometria digital, este tipo de controle é requisitado por oferecer comodidade e segurança à medida que cada indivíduo é único e fica praticamente impossível burlar o leitor biométrico.

Apenas com o uso de um dos dedos, moradores, visitantes e outras pessoas cadastradas entram e saem do condomínio sem a necessidade de cartões, chaves ou senhas.

Porém, além desse, alguns outros leitores que existem são:

Leitores de íris

Leitores do formato de orelhas

Leitores de DNA

Leitores de impressões de veias sanguíneas das mãos

Leitores de face / rostos

Uma das grandes vantagens da biometria é a eficiência no processo de armazenamento de informações sobre quem entra e quem sai do perímetro protegido. Além disso, por meio da verificação biométrica é possível saber por quanto tempo a pessoa esteve no local. Outra vantagem é que, se tratando de sistemas de análise biométrica baseados nas impressões digitais, é impossível haver clonagem dessas características, o que aumenta ainda mais o nível da segurança.

Com esse sistema as chances de burlar o sistema são mínimas, dificultando o acesso de pessoas não autorizadas no condomínio, assim os moradores tem mais segurança no dia-a-dia.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0